COMO APRENDI COM O PEDÁGIO A TAXAR OS MEUS PRODUTOS DE FORMA JUSTA

Escrito por André Ortiz

2 de setembro de 2016

Como aprendi com o pedágio a taxar os meus produtos de forma justa

Hoje, o palestrante de vendas André Ortiz traz uma reflexão muito bacana para você que é empreendedor ou que pretende ser. Iremos utilizar um exemplo cotidiano para te mostrar o porquê você deve ser o mais justo possível ao taxar o preço do seu produto. Sem, é claro, deixar de ter o lucro desejado. Neste artigo e vídeo você irá aprender como aprendi com o pedágio a taxar os meus produtos de forma justa.

Bom, para começar, pense em um pedágio qualquer. Por quantos deles você costuma passar quando vai viajar a um percurso de 500 km, por exemplo? Agora responda: quantas vezes você estava viajando de carro e reclamou do valor do pedágio? E quantas vezes você já ouviu alguém reclamar?

Muitas, não é mesmo?

Pois é. Mas não estamos aqui para discutir se o valor dos pedágios são realmente alto ou não. O queremos é que você faça uma reflexão, a partir de algumas perguntas propostas pelo palestrante de vendas André Ortiz.

A HISTÓRIA DO PEDÁGIO

Explico: o pedágio nada mais é do que um valor que é cobrado por uma administradora pelos serviços que ela está prestando. É ela a responsável por toda a manutenção daquele trecho da estrada.

O que não sabemos é se teríamos a mesma segurança caso esta tarifa não existisse. Será que o percurso seria bem sinalizado, sem buracos e tudo mais?

A partir deste entendimento e desta reflexão, o palestrante de vendas quer que você pense qual é o valor do seu pedágio. Responda as seguintes perguntas: quanto você vale? Por quanto especificamente as pessoas estão dispostas a pagar pelo que você vende? Você está se valorizando? Está praticando um serviço justo e eficiente?

O QUE QUEREMOS COM TUDO ISSO?

O que queremos com isso é que você pense muito bem antes de dar o preço aos seus produtos. Cobre bem pelo seu pedágio, mas não cobre um valor desproporcional ao benefício que você presta. Isso é importante para que os clientes valorizem o pedágio de sua venda.

Vale ressaltar que, antes de taxar um preço a um produto, é preciso calcular a margem de lucro que você deseja. Calcule, estipule um valor. Mas é importante que o preço seja de acordo com o que os clientes aceitam e estão dispostos a pagar. Não faça de seu empreendimento aquele pedágio caro, que as pessoas só reclamam ao ter que passar por ele.

WWW.TVDOVENDEDOR.COM.BR

Essa foi a verdadeira lição de como aprendi com o pedágio a taxar os meus produtos de forma justa.

Agora que você entendeu a comparação, é hora de checar se está tudo certinho com os seus produtos!

 

CONVITE

Que tipo de venda você faz?

Posts Recentes

PRODUTO O CLIENTE ESQUECE MAS EXPERIÊNCIAS NUNCA!

PRODUTO O CLIENTE ESQUECE MAS EXPERIÊNCIAS NUNCA!

PRODUTO O CLIENTE ESQUECE MAS EXPERIÊNCIAS NUNCA Você sabe o que o prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa e sua empresa podem ter em comum neste exato momento? A resposta é muito simples: A MEMÓRIA AFETIVA que foi guardada na cabeça do seu cliente. Isso mesmo,...

POR ISSO QUE NÃO EXISTE CLIENTE FIEL

POR ISSO QUE NÃO EXISTE CLIENTE FIEL

POR ISSO QUE NÃO EXISTE CLIENTE FIEL Quer descobrir os reais motivos pelos quais você vem perdendo clientes em sua empresa? Então pegue papel e caneta, pois neste conteúdo de hoje quero trazer 4 motivos claros, e é por isso que não existe cliente fiel em sua empresa,...

DIFERENÇAS ENTRE VENDEDORES B2B E B2C?

DIFERENÇAS ENTRE VENDEDORES B2B E B2C?

DIFERENÇAS ENTRE VENDEDORES B2B E B2C Você sabe quais são as principais DIFERENÇAS ENTRE VENDEDORES B2B e B2C? Se sabe ok, perfeito. Porém, se não sabe ainda que tal prestar atenção neste rápido conteúdo de hoje para que novas ideias possam aparecer em sua cabeça para...

CLIENTE NÃO GOSTA DE VENDEDOR MAS AMA UM ESPECIALISTA!

CLIENTE NÃO GOSTA DE VENDEDOR MAS AMA UM ESPECIALISTA!

CLIENTE NÃO GOSTA DE VENDEDOR MAS AMA UM ESPECIALISTA! Vou começar este conteúdo de hoje exatamente repetindo o título deste artigo: CLIENTE NÃO GOSTA DE VENDEDOR, MAS AMA UM ESPECIALISTA! Isso mesmo que você acabou de ler. Muitos compradores abominam ser atendidos...

Vender é uma decisão de ação contínua responsável de entrega de valor que envolve o negócio e o cliente.

Toda venda envolve pessoas e o brilho nos olhos na negociação pode definir os seus resultados. Aprenda com André Ortiz como impulsionar seus resultados! 

Artigos Relacionados

POR ISSO QUE NÃO EXISTE CLIENTE FIEL

POR ISSO QUE NÃO EXISTE CLIENTE FIEL

POR ISSO QUE NÃO EXISTE CLIENTE FIEL Quer descobrir os reais motivos pelos quais você vem perdendo clientes em sua empresa? Então pegue papel e caneta, pois neste conteúdo de hoje quero trazer 4 motivos claros, e é por isso que não existe cliente fiel em sua empresa,...

DIFERENÇAS ENTRE VENDEDORES B2B E B2C?

DIFERENÇAS ENTRE VENDEDORES B2B E B2C?

DIFERENÇAS ENTRE VENDEDORES B2B E B2C Você sabe quais são as principais DIFERENÇAS ENTRE VENDEDORES B2B e B2C? Se sabe ok, perfeito. Porém, se não sabe ainda que tal prestar atenção neste rápido conteúdo de hoje para que novas ideias possam aparecer em sua cabeça para...

CLIENTE NÃO GOSTA DE VENDEDOR MAS AMA UM ESPECIALISTA!

CLIENTE NÃO GOSTA DE VENDEDOR MAS AMA UM ESPECIALISTA!

CLIENTE NÃO GOSTA DE VENDEDOR MAS AMA UM ESPECIALISTA! Vou começar este conteúdo de hoje exatamente repetindo o título deste artigo: CLIENTE NÃO GOSTA DE VENDEDOR, MAS AMA UM ESPECIALISTA! Isso mesmo que você acabou de ler. Muitos compradores abominam ser atendidos...

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *